Berlin 00:00:00 London 00:00:00 New York 00:00:00 Chicago 00:00:00 Los Angeles 00:00:00 Shanghai 00:00:00
members login here
Region
Country / State
City
Genre
Artist
Exhibition

Galeria Fortes Vilaça presents Coletiva de Verão

Archive | Information & News


13 Dec 2014 to 30 Jan 2015
Tuesday to Saturday 10 am – 7 pm
Galeria Fortes Vilaça
Rua Fradique Coutinho 1500
Rua James Holland 71, Barra Funda
05416-001
Sao Paulo
Brazil
South America
T: + 55 11 3032 7066
F: + 55 11 3097 0384
M:
W: www.fortesvilaca.com.br











Ernesto Neto, yube crochê, 2014
Polypropilene and polyester rope, wood, granite and screws, 225 x 230 x 358 cm
Photo: Eduardo Ortega


Artists in this exhibition: Ernesto Neto, Jac Leirner, Lucia Laguna, Marina Rheingantz, Marine Hugonnier, Nuno Ramos, Rodrigo Cass


Ernesto Neto | Jac Leirner | Lucia Laguna | Marina Rheingantz | Marine Hugonnier | Nuno Ramos | Rodrigo Cass

Coletiva de Verão

Exhibition 13.12.2014 | 30.01.2015

Galeria Fortes Vilaça
Rua Fradique Coutinho 1500
05416-001 São Paulo Brasil

A Galeria Fortes Vilaça tem o prazer de apresentar a mostra Coletiva de Verão, com obras de Ernesto Neto, Jac Leirner, Lucia Laguna, Marina Rheingantz, Marine Hugonnier, Nuno Ramos e Rodrigo Cass.

Ernesto Neto apresenta uma escultura penetrável composta de cordas, madeira e granito. O crochê feito das cordas forma uma complexa membrana sustentada por amarrações no teto, técnica comum no corpo de trabalho do artista nos últimos anos. O público é convidado a entrar na escultura e fazer o percurso sinuoso do seu interior, descobrindo a textura das cordas entrelaçadas e os grafismos de sua base. O título do trabalho, yube crochê, faz referência à cobra jiboia que, para os indígenas, está ligada à vida e ao conhecimento; Yube é ainda o nome do personagem da mitologia amazônica que trouxe o saber a respeito do preparo da ayahuasca - bebida alucinógena e ritualística sobre a qual atribui-se poderes curativos.

Na parede frontal, trabalhos de diversos artistas criam uma ideia abstrata de lugar na natureza através de experiências cromáticas com a cor verde. Na aquarela de Jac Leirner o verde é organizado geometricamente na transparência das veladuras. Já no desenho de Nuno Ramos, ganha presença matérica com uma espessa camada de tinta a óleo. Forest (Amazonia / -4° 49.248', -56° 47.455' / 6.30 pm / 28°), de Marine Hugonnier, é criado com a exposição de papel fotossensível a um determinado tempo e local (indicado nas coordenadas do título), de modo que o trabalho torna-se a emanação do calor desse ambiente. Marina Rheingantz refere-se a uma floresta mesclando padronagens geométricas à paisagem, enquanto Lucia Laguna apresenta uma pequena pintura onde é possível identificar fragmentos de seu jardim. Finalmente, a obra de Rodrigo Cass pontua a montagem com um elemento de intensa carga simbólica, trazendo uma pena incrustada em um pedaço de concreto.


Galeria Fortes Vilaça






SIGN UP FOR NEWSLETTERS
Follow on Twitter

Click on the map to search the directory

USA and Canada Central America South America Western Europe Eastern Europe Asia Australasia Middle East Africa
SIGN UP for ARTIST MEMBERSHIP SIGN UP for GALLERY MEMBERSHIP